Total de visualizações de página

Postagens populares

Follow by Email

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

O riso é sempre o melhor remédio




"Fiquei muito preocupado quando fui ver o filme sobre a profecia que falava no fim do mundo em 2012. Fiquei várias noites sem dormir. Será que vai acabar mesmo? Até que um dia desses, vi um camelô vendendo um filme cujo título era 2013. Ufa! Respirei aliviado, pelo menos vai dar tempo de o Corinthians ganhar a libertadores em 2012 e sobrar um tempinho prá gente comemorar”.
É sempre assim quando bate a tristeza ou alguma insegurança e nossa fé na vida fica abalada, porém, basta uma boa piada ou mesmo uma história alegre para renovar nossas as “baterias”. O que dizer então daqueles doutores da alegria e do bom humor que para cada mal que esta a solta na humanidade tem uma pílula de risada para nos curar e nos devolver a esperança.
Esse é o trabalho de humoristas como Alexandre Porpetone que se dedicam a uma modalidade de fazer humor que se convencionou chamar de Stand up. Em uma analogia simples Stand up é o tipo de humor que extrai do cotidiano o tema para nos fazer dar boas risadas, uma crônica humorística de situações e personagens do dia a dia.
Corintiano convicto e um artista em ascensão, Porpetone nos diz que o Stand up já vinha sendo feito há muito tempo por mestres do humor como o saudoso José de Vasconcelos e também por Jô Soares e Chico Anísio, só para citar alguns nomes famosos. Agora, com a adesão de uma nova geração, o que começou em barzinhos e teatros, faz sucesso na televisão.
“No Stand up você tem que fazer humor com seu próprio texto. Não é contar piadas de papagaio ou de português. O Stand up é você escrever coisas do cotidiano, situações da vida e representá-las sem estar caracterizado. O Stand up comedy é você estar de cara limpa”, esclarece o humorista.
Além de apresentações em teatro, festas e convenções, Porpetone completou cinco anos no humorístico “A Praça é Nossa”, do SBT, além da Rádio Transamérica, de segunda a sexta, no Galera Gol, das 19h30 às 21h e nas pílulas de humor “Rachando o Bico”, durante todo a programação. Com relação ao seu trabalho no SBT, o humorista, que acaba de gravar a primeira de uma série do conhecido humorístico infantil Chaves, cujos direitos foram comprados pela emissora e onde ele interpreta o personagem principal, é só elogios para Carlos Alerto de Nóbrega, que o levou para o SBT e para o dono da emissora, Silvio Santos, com quem tem trabalhado ultimamente.
“É um privilégio trabalhar com o Silvio. Ele é uma daquelas pessoas que Deus pôs no mundo para provar a todos que somos capazes de tudo. Silvio Santos está sempre bem humorado e sorrindo. Ele próprio é um humorista e muito melhor dos que alguns que se dedicam exclusivamente a esse trabalho”, diz.
Avesso ao Stand up que procura ridicularizar e humilhar políticos e celebridades, Porpetone é de opinião que o humor, apesar de ter que sempre pegar no “pé” de alguém, deve primar pelo bom gosto, “Até por eu trabalhar no SBT e ter um publico infantil muito grande, esse tipo de humor mordaz e ácido não faz muito meu estilo”, declara o humorista. Além das crônicas Stand up, Porpetone também é um excelente imitador. Carlitos Teves e outros astros do futebol, além do próprio Silvio Santos, estão na galeria de personagens que o consagraram nesta arte.
Seja pelo o humor no Stand up, seja pelas imitações ou pela pessoa que é, vale à pena assistir um show do humorista, ouvi-lo na rádio ou vê-lo na televisão.
Porpetone é um autentico doutor da alegria que, para nossa sorte, tem sempre um bom remédio para nossas angústias, o riso e o bom humor.
Para quem quiser contatá-lo, ele indica o seu Twitter; @Porpetonehumor e promete para breve uma página recheada de muitas gargalhadas na internet. Esperamos que não demore muito para a página entrar no ar, pois o mundo precisa cada vez mais dos cuidados desses verdadeiros doutores da alegria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário