Total de visualizações de página

Postagens populares

Follow by Email

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017


A justiça, ou deveríamos dizer, o direito, esta em foco!

Muito tem-se perguntado o porque da justiça comum de Sérgio Moro, que já condenou 87 pessoas desde o inicio da operação, e outros juízes terem mandado prender qdo ñ condenado muitos que são réus na operação Lava Jato e os políticos com Foro Privilegiado que estão sob os auspícios do supremo ainda estarem livres. Segundo explicações de um cem números de juristas isso se dá devido ao fato de que o Supremo Tribunal Federal, sendo a corte mais importante do país, garante a aplicação da Constituição Federal julgando semanalmente um tanto de ações que estão fora da Lava Jato e, em muitos casos, em caráter de urgência. Segundo o entendimento desses juristas, o número de processos no supremo é mto grande e são distribuídos apenas entre os 11 ministros que , assim, acabam sobrecarregados, sendo que a complexidade de tais processos exigem mais tempo em suas decisões finais enquanto que, rara exceção no direito, Moro se dedica exclusivamente as questões da Lava Jato, outros processos da alçada de sua jurisdição são distribuídos para sua juíza substituta, o que, conseguentemente, acaba colocando Moro em uma posição privilegiada e com os holofotes sobre ele. Se por um lado essa exclusividade confere mais celeridade aos processos, por outro gera criticas em relação ao "principio do juiz natural", clausula do direito que visa evitar direcionamentos e a conseguente exposição demasiada, o que estamos vendo acontecer com Sérgio Moro, cotado até para a Presidência da Republica por aqueles que veem nele um paladino justiceiro, coisa que, aliás, ñ cai bem a um representante da lei, sobretudo um juiz que deve sempre olhar para os dois lados.
Seja como for a excessiva judicialização da coisa publica e suas respectivas conseguencias sobre a vida da nação deve ser repensada. Sou totalmente contra a corrupção uma chaga aberta que mina as energias de nosso país, porém sou também a favor do equilíbrio entre as força que representam os poderes sem a qual os excessos que podem serem praticados é prejudicial as liberdades democráticas.
O difícil é nossa classe politica enxergar esse viés qdo apontam para presidir uma das comissões mais importante do Senado a CCJ, Comissão de Constituição e Justiça, um certo Lobão que de ovelha ñ tem nada, cercado por outros 9, todos encaquerados com a justiça. A CCJ, considerada a mãe de todas as comissões, é composta em sua totalidade por 13 senadores, desses, 10 tem um pé na Lava Jato, assim como seu presidente o tal Edson Lobão.
Assim agindo nossa depauperada classe politica só legitima, cada vez mais, essa extrema judicialização da politica na qual, em última analise, eles são os principais prejudicados, sem contar, como sempre, a população.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017


O Estado de direito e a coisa publica

Temer disse que exonera ministro que for indiciado na Lava jato ou outro tipo qq de inquérito. Mas que se reserva o direito de manter os denunciados porém ñ indiciados por uma questão de acreditar na presunção da inocência, ou seja, se é inocente até que seja provada a culpa. Principio fundamental do estado de direito mas que, quando se trata da coisa publica, em tempos de grande descrédito para os que lidam com ela, tem que ser, repensado. O melhor seria que para a lisura e a credibilidade do processo politico, o nome que aparecer linkado a qq lambança dessas, seja afastado ou ñ designado para fazer parte do staf da mais alta instância administrativa do país, a Presidência da Republica. 
De outra feita semana passada Aécio quase se deu mal quando o jatinho fretado pelo PSDB para transportar o Senador até a capital paulista derrapou na pista e foi parar na grama de Cumbica... Quem derrapou de verdade foi o senador que, em tempos tão bicudos para a população brasileira, freta jatinho com o dinheiro do erário para se locomover da corte até a província. Sinceramente senador, derrapou e feio e o que dizer do postulante ao Supremo que foi sabatinado informalmente por um desses que compõem um dos baluartes do sistema democrático que é o Senado, casa essa, diga-se de passagem, na qual a maioria de seus membros se encontram as voltas com a justiça, em sua mansão particular que se localiza bem no meio de um lago com vista paradisíaca e canapés regado a iguarias variadas, para ser mais, digamos, genérico. Adivinhem de quem estou falando? 
Detalhe: segundo consta o trabalho de conclusão de doutorado do douto postulante, se refere a exatamente a proibição de ocupantes de cargos comissionados assumirem cargos públicos efetivos... 
Sinceramente, nada contra a riqueza o luxo e o esbanjamento, mas na situação atual em que se encontra o país é tirar uma com a cara dos trouxas, digo do povo... Como diria Fernando Henrique: assim ñ dá... assim ñ vai...
E como diria o douto e finado professor Raimundo, que tantas alegrias nos trouxe nas noites de sábado em passado ainda recente: "e o salário oh..."

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Do céu ao inferno


A imagem de um homem de cabeça raspada a caminho da prisão mostra que o Brasil tem sede de mudança, sobretudo por ser essa personagem protagonista, assim como muitos outros, de um dos maiores escândalos de corrupção que atingiu o país desde seu descobrimento. Eike Batista esta na berlinda e deve entregar muita gente que, com toda certeza ira lhe fazer companhia. Além de Eike, a ministra do supremo acatou todas as 70 delações que foram feitas pelos executivos da Odebrech, não vai sobrar ninguém e não tem que sobrar mesmo, pois enquanto esses se deliciavam com o fruto de seus mal feitos muitos, a maioria, ralava para sobreviver em país no qual abundam recursos naturais e possibilidades. A justiça pode tardar, mas nunca falha.
Seja como for o ex-milionário tem a chance de se redimir de seus pecados e contribuir para o estancamento dessa sangria assassina que se chama corrupção, sair desse inferno astral que procurou com os próprios atos, escrever um livro sobre o episódio e ainda faturar algum, quer melhor. Pior para aqueles que perderam a vida nas filas da saúde por falta de atendimento ou dos jovens cooptados pela criminalidade por lhes ter sido negado acesso a melhores condições de vida por atos praticado pelos Eikes da vida.

Armando Barreto - MTB 23108
Jornalista - Especialista em Educação, Coaching e Liderança.
novascidades@gmail.com

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Cabral e Eike... Amigos para sempre?

A semana começa com a chegada ao Rio de Janeiro do empresário Eike Batista, ex-marido da Luma,  aquela da gargantilha com o nome da figura, à época seu marido, durante um desfile de escola de samba na capital carioca. Me lembrei do fato porque naquele tempo a modelo era uma das mulheres mais bonitas do Brasil, enfim, Eike chega ao Rio e trás na bagagem muito o que falar. Cabral e "tchurma" que se cuidem.
No plano internacional o Presidente Donald Trump, teve que recuar em seus planos de barrar a entrada em terras estadunidenses de viajantes de alguns países eleitos desafetos e de deportar aqueles indesejados, mesmo com o tal Green Card. Vamos ver aonde chega o radicalismo de Trump, que lembra um pouco aquele começo de perseguição nos idos dos anos 30 do século passado pelo nazistas a judeus e outros que eram alvo da antipatia de um certo Adolf. Deu no que deu...
voltando ao brasil a disputa à Presidência da câmara é a cereja da politica nos próximos dias. A eleição é no próximo dia 2 de fevereiro e Rodrigo Maia, que já preside a casa, segue sendo a principal aposta.

Armando Barreto - Mtb 23108
Jornalista - Especialista em Educação, Coaching e Liderança
novas cidades@gmail.com

sábado, 28 de janeiro de 2017

Presidente Nacional do PSDC se encontra com Prefeito de Osasco


Estive na tarde de ontem, 27, acompanhando o Constituinte José Maria Eymael em uma visita informal ao Prefeito de Osasco, Rogéio Lins (PTN). Lins que foi detido por três dias na Penitenciária de Tremembé, interior de São Paulo, por supostos envolvimentos com contratações irregulares quando vereador na cidade, tem se mostrado um administrador dinâmico e coerente. Jovem e com muita vontade realizar uma boa gestão a frente do executivo de um município que conta muito no frigir dos ovos na região metropolitana da capital paulista, recebeu Eymael, que estava acompanhado pela vereadora do PSDC, Lucia da Saúde, com muita cordialidade. Na pauta muita politica, sobretudo a voltada para as questões que monopolizam as atenções de todo o país no momento, que é a segurança e o futuro do partido em Osasco.
Para o Deputado Federal Constituinte Eymael, que é Presidente Nacional da Democracia Cristã Brasileira, representada pelo PSDC, Rogério é uma grande promessa. Muito a vontade  disse que espera do atual Prefeito muito trabalho e desejou a ele sucesso em sua gestão, "pois Osasco, pela importância, é merecedora de quem cuide bem dela."

Armando Barreto - Jornalista especializado em Educação, Coaching e Liderança. 
Mtb 23108 - 11 965778616/930084923 
novascidades@gmail.com

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017


                                                           Eike Batista ou Eike Brasil?

Bom dia! Explico: Aquele Batista que se pretendia um dia, ser o homem mais rico do mundo, talvez que ignaro de que todo aquele que tem saúde, família ao redor e apoio dos amigos, já o é, agora se tornou fugitivo internacional... Se la vie! No entanto essa sua imagem atual coincide com um Brasil que sofre do mesmo mal, ocasionado, por figuras como a sua, para quem o poder econômico a tudo supera. Se assim, de alguma forma o é, certamente que ñ deveria ser. Prova disso é a situação pela qual passa o país, ainda capenga das pernas, mais que um dia, em passado recente, prometia alçar vôos altos, assim como o empresário procurado. Dessa forma Brasil e Eike estão na berlinda e de uma maneira, digamos, ñ muito confortável. No entanto há luz no fim do túnel, para o Brasil, na verdade sempre há para aqueles que acreditam. Não nos esqueçamos também que, assim que Batista for capturado, quem tem que por as barbas de molho serão aqueles que um dia foram felizes com ele... Nada como um dia após o outro!
Em terras estadunidenses Trump dá trabalho e se desentende com os muchachos mexicanos, tudo por conta da divida do futuro muro de Berlim, digo , da fronteira entre os dois países. 
Trump diz: Quem vai pagar a conta são os mexicanos...
E os mexicanos rebatem, nem f...
Esta armada a confusão.
A pergunta é: Trump, apesar de apresentar certo histórico de sucesso nos negócios por uma postura agressiva repetira esse mesmo sucesso na vida politica. Entre o privado e o publico há um grande abismo, transposto muito mais facilmente por pontes do que por muros, que, ao contrário, obstaculizaram, enfim, é Trump... Que ele consiga ter o discernimento de que o que ele faz na privada, nem sempre é "aconselhável" na publica.
E vamos para o final de semana sabendo que mto mais tem pela frente, afinal, estamos apenas no primeiro mês do ano.
Excelente final de semana a todos com muita fé e na certeza de que somos capazes!