Total de visualizações de página

Postagens populares

Follow by Email

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Boas novas na final do Tenis do Villa Lobos.



Confira:
As boas campanhas no II Ega Cup - Aberto de São Paulo renderam um salto no ranking da Associação dos Tenistas Profissionais para Rogério Dutra Silva e Horacio Zeballos, finalistas de um dos maiores torneios challenger do mundo, disputado no Parque Villa-Lobos, com premiação de US$ 125 mil e pontuação de US$ 150 mil.


Zeballos, que venceu o torneio com 7/6 (7/5) 6/2 no domingo, somou 125 pontos e ganhou 19 posições indo ao 66º lugar no ranking, sendo agora o terceiro melhor argentino atrás apenas de Juan Martin Del Potro (7º) e Juan Monaco (12º). Seu próximo compromisso é o Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam na próxima semana: "Eu adoro jogar o Aberto de São Paulo, encontro vários amigos por aqui, o local é muito bom e começar o ano com um título aqui só me dá confiança para a Austrália e o seguimento da temporada", detalhou o argentino.

Vice-campeão em sua terra natal, Rogério Dutra Silva ganhou 75 pontos e um salto de 14 posições na ATP indo ao 112º lugar: "Com certeza esse torneio me ajudou muito em minha subida e em deixar mais perto do objetivo que é entrar no top 100 e ficar ali sólido entre o 90, 80 do ranking e quem sabe depois beliscar alguma coisa acima".

Outro que ganhou bastante com a disputa do II Ega Cup - Aberto de São Paulo foi João Olavo souza, o Feijão. Derrotado na semi após uma batalha de três horas contra Rogério Silva, o tenista de Mogi das Cruzes (SP) radicado no Rio de Janeiro salvou 12 postos e ocupa o 132º lugar na tabela: "Apesar da derrota na semi fiquei muito feliz com o torneio, foram quatro bons jogos que só me dão confiança para as próximas competições. Fiz 45 pontos que eram boa parte dos pontos que defendia no primeiro semestre e isso me ajuda bastante ao meu objetivo que é estar na chave de Roland Garros".

Para mais informações, confira o site do torneio www.abertosp.com.br  

Para concluir é bom salientarmos que o Parque Villa Lobos é hoje uma referência no Tenis mundial em nada devendo para Roland Garrot e Winbledon. Nada mal para um espaço físico que, não faz muito tempo, era usado como aterro sanitário.
Parabéns aos administradores do parque e aos promotores do evento. Até o ano que vem com mais EGA Cup. São Paulo merece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário