Total de visualizações de página

Postagens populares

Follow by Email

domingo, 17 de março de 2013

Uma realidade nua e crua

São Paulo, 17 de março de 2013, segunda quinzena do terceiro mês do ano. Acabo de chegar de uma curta visita ao interior paulista, mais precisamente às cidades do fundo do Vale do Paraíba, região conhecida como "Cone Leste Paulista". Dos vários contatos que mantive com empresáios, dirigentes de mídias e administradores récem empossados, a impressão que ficou marcada foi o estado de abandono que enontraram algumas administrações que se iniciaram no dia primeiro de janeito desse ano. Mais. O quanto os setores ligados as áreas sociais foram diretamente atingidos pela situação de carência na qual se encontram essas prefeituras. Tenho claro que tal estado de comprometimento financeiro não se deve apenas a inabilidade dos mandatários que sairam, antes a um comprometimento da própria ecônomia que ano passado não chegou a 1% de crescimento em todo o país. Como descrito em matéria publicada no jornal Novas Cidades desse mês, as explicações dadas pelo ministro da fazenda Guido Mantega, justificaram, mas não convenceram. Segundo o ministro, a crise internacional foi a principal reponsável por esse crescimento pífio do PIB, o já nomeado pibinho. Não adianta os setores ligados ao governo colocarem a culpa nesse ou naquele e se esconderm atrás da máxima "comprometeu mas não travou" ou seja, o crecimento foi mal porém a classe média, coluna dorsal de qualquer país, continuou consumindo. Não é bem assim. Com a ecônomia comprometida por esse performance, no minimo questionável, administrações e todos os que dela dependem,  nisso inserimos setores vitais como educação, saúde, assistencia social, segurança e por ai vai, também foram comprometidos. Isso ninguém me contou, pude constatar com meus próprios olhos e não é necessário ser ecônomista para saber o quanto comprometeu.
Esperamos sinceramente que ao longo desse 2013, essa realidade mude. Acreditamos no governo que ai esta, pois ele, é fato, diminuiu a miséria em todo o país e colocou comida na mesa de varios brasileiros.
Esperamos sinceramente que Mantega apareça ao final desse ano nas telinhas de todas as residências desse imenso Brasil para anunciar que finalmente superamos mais essa dificuldade e fechamos 2013 com um crescimento digno desse país, algo na casa do 4%, no mínimo.
A todos uma grande semana de realizações e trabalho. Lembrando que a edição de março do Novas Cidades, já esgotada, trás esses e outros assuntos de grande relevância e interesse para quem, de fato, se interessa pelo desenvovimento desse magnifico país chamado Brasil.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário