Total de visualizações de página

Postagens populares

Follow by Email

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

A um passo da cadeira...

A exatos três dias das eleições o petista Fernando Haddad já pode sentir o gosto do espaldar da cadeira mais cobiçada do executvo paulista, a de Prefeito da maior cidade da América Latina. Isso se as pesquisas recentes se confirmarem nas urnas no próximo domingo. No entanto é bom que se diga que a exatos três dias o então também candidato a vaga Celso Russomano estava muito próximo da disputa que agora colocam Haddad e Serra em campos opostos, na verdade sempre estiveram. Seja como for o lema "São Paulo não pode parar" é uma verdade incontinenti. A maior cidade do país chegou a um estágio que seja quem for seu administrador ele sera puxado pela maré de crescimento e desenvolvimento que a cidade impõe. Serra ou Haddad São Paulo com suas inumeras indiossincrasias e os problemas prementes que uma cidade com mais de 10 milhões de habitantes enfrenta diariamente decididamente "não vai parar". É certo que um administrador tacanho e de pouca experiência oneraria ao município e seus habitantes muito sofrimento e atraso, no entanto São Paulo como um organismo vivo e pulsante que é, também cobraria seu preço e o administrador que assim agisse, por certo teria sua carrreira politica encerrada e nenhum deles, pelo menos nenhum que eu conheça e olha que não são poucos, vai querer uma morte prematura quando não subita de administrar mal uma cidade como esta.


De qualquer forma essa imensa cidade que o sonho de tantos acalenta continuará sua marcha de progresso e desenvolvimento, pois em última analise é sua vocação natural.

Nós do Nova Cidades torcemos para que vença o melhor para São Paulo e seus habitantes, entre os quais estamos inseridos. Nossa balança, por questões de lealdade e por analisarmos que Hadad faz parte da nova geração de petista que não pactuaram com o que temos visto nos noticiários ao longo do mês, tente para ele. Se ganhar e deve, torcemos para que ele faça uma administração digna da renovação que propõem e do status que goza junto ao eleitor, sobretudo por ser um membro atuante da área educacional.

Nesse 28 de outubro que o eleitor esteja atento e vote com consciência, pois essa é a melhor ferramente de que dispomos para podermos cobrar no futuro promessas e realizações.



Armando Barreto - Jornalista e editor do Novas Cidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário